sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Colheres tortas

Conrado Adolpho 

Conrado Adolpho Vaz (www.conrado.com.br) educador, publicitário, estrategista e palestrante. Sua formação vem de escolas de excelência como ITA e Unicamp. Há mais de 12 anos vem preparando adolescentes e adultos para vencerem grandes desafios com determinação e criatividade. Escreve e ministra seminários, palestras e treinamentos em webmarketing e marketing digital, marketing pessoal, marketing educacional, vendas, atendimento ao cliente e planejamento pessoal.
O homem, consumido pelo dilema do pós-morte, suplicou para que Deus o levasse ao céu e ao inferno para conhecê-los. Deus resolveu atendê-lo e assim o fez.  
Após sua viagem espiritual, contou aos seus amigos o que tinha visto.
- Como é o inferno ? Perguntaram-lhe.
- O inferno é algo de horrendo. Logo na entrada há uma ampla mesa redonda com milhares de almas sentadas a sua volta. No centro da mesa, muito mais longe do que qualquer braço poderia alcançar, há uma enorme tigela com uma sopa muito cheirosa e apetitosa. Como ninguém a alcançaria, Deus lhes deu enormes e antigas colheres para que pudessem se alimentar, porém, as colheres, por terem sido muito castigadas pelo milênios, estas são irregulares e muito tortas. Ninguém consegue se alimentar, pois derramam a sopa antes dela chegar-lhes à própria boca. Centenas morrem de fome todos os dias em frente ao alimento que lhes salvaria.
 
  Comoção  geral. O inferno realmente uma visão que ninguém quereria para si.
 
 - E o céu? Diga-nos como é o céu.
- O céu é algo de maravilhoso. Logo na entrada há uma ampla mesa redonda com milhares de almas sentadas a sua volta. No centro da mesa, muito mais longe do que qualquer braço poderia alcançar, há uma enorme tigela com uma sopa muito cheirosa e apetitosa. Como ninguém a alcançaria, Deus lhes deu enormes e antigas colheres para que pudessem se alimentar, porém, as colheres, por terem sido muito castigadas pelo milênios, estas são irregulares e muito tortas. Como seria muito difícil levar a sopa à própria boca, um alimenta o outro e as milhares de almas vivem em constante paz e harmonia.
 
Você acha que essa história está muito longe da sua realidade? Que não passa de uma fantasia à la Esopo?
 
Ela está acontecendo a todo momento em seu coração.
 
Consideramos determinados lugares ou situações o nosso inferno e em outras ocasiões, achamos estar no paraíso. Assim como Al Ries escreveu que o marketing é uma batalha de percepções, a vida também é uma batalha de percepções. Não existe realidade mas sim realidade percebida. Você faz de sua vida um paraíso ou um inferno. Tudo depende da maneira como enxerga uma situação, como um problema ou como uma oportunidade.
 
Todo o Universo está dentro de você.
 
Quando estiver diante de um cliente, diante de uma venda ou diante de um problema, pense nas percepções relativas que cada um de vocês estão tendo da situação. Isso o ajudar a fechar muitos negócios
Pense nisso.

Nenhum comentário: